Delegado de Tabira diz que motorista que atropelou e matou agricultor na PE-320 não tinha habilitação

O Programa Cidade Alerta da Cidade FM, recebeu o delegado de Tabira Clay Anderson para falar sobre a operação Prólogo que foi coordenada pela Polícia Civil que investigou um grupo de extermínio com atuação na Cidade das Tradições. 

A operação cumpriu oito mandados de prisão em cidades dos estados de Pernambuco, Alagoas e Sergipe. O delegado afirmou que entre os detidos 4 são suspeitos de homicídios em Tabira. Ao todo foram 8 mandados e 10 buscas. 

Dr. Clay Anderson, informou ter ido direito para o estado de Sergipe onde estavam 3 alvos da operação. 

Provocado a falar sobre o acidente que matou no inicio de março o agricultor Enoque Silva, idade não informada, atropelado na PE 320, entre Afogados da Ingazeira e Tabira, na altura do sítio Santa Clara, zona rural de Tabira. Dr. Clay Anderson disse que o fato do motorista não ter sido preso em flagrante não altera a punição final. Também disse acreditar que se o motorista fosse preso, seria liberado na audiência de Custódia. 

O fato novo é que o Dr. Anderson confirmou que o motorista realmente não tinha habilitação, algo que também poderá lhe prejudicar bastante. A família da vitima já fazia essa acusação desde que o acidente ocorreu. (Por Anchieta Santos)

Ajude o projeto Mais Pajeú a se manter: CLIQUE AQUI
Siga o Instagram de Romero do Mais Pajeú: CLIQUE AQUI
Siga o Instagram do blog: CLIQUE AQUI
Siga nossa página no Facebook: CLIQUE AQUI e AQUI
Siga nosso canal no YouTube: CLIQUE AQUI
Entra no nosso grupo no whatsapp: CLIQUE AQUI

Postar um comentário

0 Comentários